Oração muda a situação de cristãos chineses

O pastor Timothy*, da China, de quem já falamos por aqui, vê o aumento da perseguição que sua igreja enfrenta nos últimos meses como um sinal de que estão fazendo algo certo: “Uma coisa realmente maravilhosa aconteceu. Eu acho que atualmente o governo está ‘com medo’ das igrejas por causa de nossa determinação, amor e unidade. Nós não comprometemos a palavra de Deus com relação a nada e também somos cidadãos modelo. Amamos a Jesus, mas também amamos nosso país e respeitamos a lei. O governo sabe que a comunidade nos respeita muito, que ouvem a nós ao invés do governo. Alguns anos atrás, começamos com alguns cristãos e agora somos milhares. Eles realmente estão preocupados”.

A Portas Abertas é parceira do pastor Timothy há muitos anos. A organização provê Bíblias, treinamento bíblico e para professores de escola dominical, além de acampamentos de jovens para igrejas domésticas. Também permanece com os líderes em muitas ocasiões, inclusive quando sob pressão.

“A Portas Abertas tem sido uma amiga maravilhosa para nós. Eu não posso agradecer o suficiente pelos anos de ajuda que vocês têm nos dado, especialmente quando as coisas estão difíceis. Muito do crescimento de nossas igrejas é devido à contribuição da Portas Abertas e aos treinamentos de líderes das igrejas domésticas. Tudo o que nos ensinaram, replicamos nas igrejas de toda a região. Nossos líderes tem uma maturidade e entendimento da palavra de Deus que nunca tivemos antes. Eu agradeço a Deus por todos vocês”, disse.

O pastor Timothy pediu para continuarmos orando: “Acima de tudo, ore para que nosso povo nunca pare de orar e experimentar o poder da oração. A oração muda as coisas”, concluiu o líder cristão chinês.

*Nome alterado por segurança.

Pedidos de oração

–    Ore por proteção para todos os cristãos da China, país em 27ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2019.

–    Peça para que eles permaneçam firmes, mesmo se a igreja chinesa estiver totalmente isolada do mundo, como era 50 anos atrás.

–    Interceda especialmente pelos cristãos jovens, para que se apeguem a sua fé e que, como muitos antes deles, experimentem a esperança, alegria e proximidade de Deus em tempos de dificuldade.